sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Panquecas de grão, alho francês e couve-rábano

Inspirada nesta receita do Bon Appétit, fabriquei estas panquecas salgadas que fazem um jantar delicioso!

A couve-rábano não é muito utilizada em Portugal, mas costuma aparecer com frequência na culinária de outros países, sobretudo em saladas. Quando usada crua, é normalmente ralada e tem um grande poder anti-oxidante, praticamente nenhuma gordura e alta concentração de manganês, cálcio, potássio e ferro. Eu também a utilizo cozinhada, por exemplo em guisados.

Neste caso, é um meio termo - a couve-rábano ralada é adicionada à massa das panquecas, que ainda vão ser cozinhadas a seguir. Portanto fica meio crua, meio cozinhada, mas o que interessa é que o resultado é mesmo saboroso!




Ingredientes:

110 g de farinha de grão
1 colher de sopa de sementes de linhaça
1/2 alho francês (a parte branca)
1 couve-rábano
1 colher de sopa de coentros frescos picados
1/2 colher de chá de fermento
Sal
Pimenta
Azeite


Picar o alho francês e saltear num fio de azeite. Triturar as sementes de linhaça e juntar três colheres de sopa de água. Ralar a couve-rábano.

Numa taça, misturar a farinha de grão e o fermento. Adicionar uma colher de sopa de azeite, a linhaça e 125 ml de água. Misturar bem até formar uma massa homogénea, sem grumos.

Juntar o alho francês, a couve-rábano e os coentros. Temperar com sal e pimenta.

Aquecer uma frigideira anti-aderente com uma colher de sopa de azeite. Fritar as panquecas de um lado e de outro (rende cerca de 16 panquecas pequenas).

Servir com uma salada verde.

2 comentários:

  1. Estas panquecas deram-me uma fome!
    Uso pouco a couve rábano mas gosto muito.
    Tenho de experimentar esta tua ideia boa.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  2. Nunca fiz panquecas salgadas! Devem ficar mesmo boas. Tenho de experimentar essas :)

    ResponderEliminar

Obrigada pela visita e pelos comentários!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...