segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Brownies de chocolate preto e curgete

No Well Plated, encontrei esta receita que quis logo experimentar. Não faltou oportunidade, com visitas cá em casa que vieram fazer férias a Lisboa, sábado à noite foi dia de sobremesa. Ainda assim, uma sobremesa saudável, com pouca gordura e pouco açúcar.




Ingredientes:

680 g de curgete (2 curgetes médias)
125 ml de azeite
125 ml de mel
2 ovos
1 colher de chá de essência de baunilha
160 g de farinha de trigo integral
50 g de cacau magro em pó
1/4 colher de chá de sal fino
1 colher de chá de fermento
180 g de chocolate preto 70% cacau


Partir o chocolate em pepitas e reservar.

Ralar a curgete. Escorrer o excesso de água.

Na batedeira, juntar os ovos, o mel, o azeite e a baunilha. Bater até obter um creme homogéneo. Juntar a curgete e bater até estar incorporado.

Numa taça, misturar a farinha, o cacau, o sal e o fermento. Juntar aos poucos à mistura anterior, batendo entre cada adição.

Envolver então com uma colher de pau as pepitas de chocolate.

Levar ao forno a 180º numa forma retangular forrada com papel vegetal durante 30 minutos.


domingo, 24 de julho de 2016

Bolo zebra de alfarroba e coco

Para um jantar em casa de amigos, resolvi levar este bolo zebra de alfarroba e coco, inspirado nesta receita do Veganana. A textura da massa é bastante agradável e os sabores da alfarroba e do coco casam-se muito bem, pelo que o bolo foi um sucesso!




Ingredientes:

165 g de farinha de trigo branca
165 g de farinha de trigo integral
110 g de rapadura
1 colher de chá de bicarbonato de sódio
400 ml de água a ferver
1 colher de chá de vinagre
150 ml de óleo de coco
1 colher de chá de fermento
1 pitada de sal
40 g de coco ralado
40 g de farinha de alfarroba


Peneirar as farinhas com a rapadura, o sal e o bicarbonato para uma taça grande.

Juntar o vinagre à água a ferver. Adicionar uma terça parte desta mistura às farinhas e mexer com uma colher de pau. Juntar metade do óleo e continuar a bater. Adicionar mais uma terça parte de água e depois o restante óleo, terminando com a última parte da água, mexendo sempre entre cada adição.

No final, incorporar o fermento e mexer.

Dividir a massa em duas taças. A uma, adicionar o coco ralado; a outra, adicionar a alfarroba. Se as misturas ficarem demasiado espessas, juntar um pouco de água.

Untar uma forma redonda de fundo amovível com óleo de coco. Colocar meia concha de sopa da mistura mais clara no centro da forma. Por cima, colocar meia concha de sopa da mistura escura. Ir repetindo o processo, de modo a ficarem círculos concêntricos. Terminar com a mistura escura.

Levar ao forno pré-aquecido a 180º durante 30 minutos.

Retirar do forno e deixar amornar antes de desenformar.

quarta-feira, 20 de julho de 2016

Bolo de banana e framboesas

Vi esta receita no Baker By Nature e resolvi experimentar, com as minhas adaptações do costume. Ao fazer este bolo, tinha quatro bananas bem maduras a precisar de destino (ao contrário das três bananas que pedia a receita original) e resolvi aproveitar a textura e humidade das bananas para não usar gordura. Resultou muito bem, ficou um bolo saboroso e húmido.




Ingredientes:

4 bananas maduras
125 g framboesas (frescas ou congeladas)
2 ovos
2 colheres de sopa de mel
60 ml de leite de soja
1 chávena de farinha de trigo (mistura de branca e integral)
1/2 chávena de farinha de espelta
1 colher de chá de fermento
1 colher de chá de bicarbonato de sódio
1 colher de chá de canela
1/4 colher de chá de noz moscada
1 pitada de sal


Na liquidificadora, colocar as bananas, os ovos, o mel e o leite de soja. Bater bem até obter um creme homogéneo.

Numa taça, juntar as farinhas, o fermento, o bicarbonato, as especiarias e o sal. Envolver bem.

Juntar o creme e misturar com uma colher de pau até obter uma mistura homogénea.

Adicionar as framboesas. Verter a massa para uma forma de bolo inglês.

Levar ao forno a 180º durante uma hora. Fazer o teste do palito, retirar do forno e deixar arrefecer dentro da forma.

segunda-feira, 11 de julho de 2016

Pudim de morango e banana

Um pudim ótimo, muito fresco, com os sabores da fruta, excelente para estes dias quentes de verão, inspirado numa receita da Filipa Gomes. Fica com um ar incrível e um sabor delicioso!




Ingredientes:

Camada de morango:

250 g morangos
150 ml de leite de soja
1 estrela de aniz
2 colheres de sopa de mel (ou xarope de agave para uma versão vegan)
150 ml de água
2 colheres de chá de flocos de agar-agar

Camada de banana:

5 bananas pequenas bem maduras
200 ml de leite de soja
Raspa de 1 limão
100 ml de água
1 1/2 colher de chá de sementes de chia
1 1/2 colher de chá de flocos de agar-agar

Para decorar:

Framboesas qb


Colocar ao lume os morangos arranjados, o leite de soja, a água e a estrela de aniz. Quando levantar fervura, deixar ferver um lume brando alguns minutos.

Retirar o aniz. Triturar o restante no liquidificador. Voltar a levar ao lume, juntando o agar-agar, a estrela de aniz e o mel. Deixar fervilhar em lume brando durante 10 minutos, mexendo de vez em quando.

Retirar a estrela de aniz. Colocar numa forma de pudim e levar ao congelador.

Entretanto, preparar a camada seguinte. Triturar no liquidificador as bananas, o leite de soja e a água. Juntar os flocos de agar-agar e levar a lume brando durante 10 minutos, mexendo de vez em quando.

Desligar do lume e juntar a raspa de limão e as sementes de chia. Retirar a forma do congelador e verter a segunda camada.

Levar ao frigorífico de um dia para o outro. No momento de servir, desenformar e decorar com as framboesas.

sexta-feira, 1 de julho de 2016

Korma de tofu com vegetais

O korma é um tipo de caril muito conhecido fora da Índia, existente em todos os restaurantes indianos, associado normalmente a um molho rico, com natas, sem picante. No entanto, este prato pode ter várias versões diferentes, consoante a região de onde provém; na verdade, a palavra "korma" significa apenas refogar!

O tofu presta-se bem a este tipo de pratos, porque tende a absorver os temperos, fazendo uma excelente refeição vegetariana. Esta receita acontece em colaboração com a Mercearia Bio, que me desafiou a participar no seu site, que publica uma receita por semana, sempre às sextas feiras.



Ingredientes:

500 g de tofu
25 g de amêndoas peladas
1 noz grande de gengibre
2 dentes de alho
3 vagens de cardamomo
1 cebola
1 curgete
1 cenoura
1 colher de chá de sementes de cominhos
1 colher de chá de sementes de coentros
150 ml de leite de coco
150 ml de "nata" de coco (creme de coco para cozinhar)
1 molho de coentros
Sal
Óleo de sésamo não tostado (ou outro óleo vegetal com sabor neutro)


Cortar o tofu ao meio no sentido longitudinal. Embrulhar num pano de cozinha e colocar um peso por cima para escorrer o excesso de água.

Cortar a cenoura em rodelas, a cebola em meias luas e a curgete em cubos grandes. Retirar as sementes das vagens de cardamomo. No moinho de café, triturar as sementes de coentros e de cominhos.

No almofariz ou liquidificador, colocar os talos dos coentros, as amêndoas, o gengibre e os alhos descascados. Triturar tudo com um pouco de água até obter uma pasta. Reservar.

Num fio de óleo aquecido no wok, dourar  de ambos os lados as cenouras e as curgetes. Reservar.

Cortar o tofu em cubinhos pequenos e dourar num fio de óleo. Adicionar os cominhos e os coentros moídos, temperar com um pouco de sal e mexer bem. Reservar.

Voltar a acrescentar um fio de óleo ao wok e juntar a cebola cortada em meias luas, juntamente com as sementes de cardamomo. Quando a cebola estiver transparente, adicionar a pasta de amêndoas. Cozinhar durante alguns minutos.

Adicionar então o tofu, os vegetais e o leite de coco. Tapar e deixar cozinhar em lume brando até os legumes estarem tenros.

Acrescentar sal, se necessário, e adicionar então a "nata" de coco, deixando ao lume até começar a fervilhar. Desligar imediatamente e servir polvilhado com as folhas dos coentros picadas, acompanhado com arroz basmati integral.

Como qualquer caril, este prato fica ainda mais delicioso no dia seguinte!

quinta-feira, 23 de junho de 2016

Quadrados de banana, cacau e gengibre

Esta receita foi inspirada numa outra do Ambitious Kitchen. Fica um bolo pouco doce, mas muito saboroso.




Ingredientes:

4 bananas
2 ovos
1 colher de chá de extrato de baunilha
3/4 de chávena de miolo de amêndoa com pele
1/3 de chávena de farinha de coco
1/3 de chávena de cacau magro em pó
1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio
1/2 colher de chá de fermento
1 pitada de sal
50 g de gengibre cristalizado


Juntar os ovos, as bananas e a baunilha no liquidificador. Triturar até obter um creme.

Moer as amêndoas até obter farinha.

Numa taça, misturar as amêndoas, a farinha de coco, o cacau, o bicarbonato, o fermento e o sal. Juntar o creme líquido e misturar com uma colher de pau.

Partir o gengibre cristalizado em cubinhos pequenos. Adicionar metade à massa e misturar.

Verter a massa numa forma retangular, forrada com papel vegetal. Alisar a superfície e salpicar com o restante gengibre cristalizado.

Levar ao forno a 160º durante 20 minutos. Deixar arrefecer e cortar em quadrados.

terça-feira, 21 de junho de 2016

Bolachas de castanha e Madeira

No Hortus Natural Cooking, vi estas bolachas com vin santo, um vinho doce italiano que, conjugado com farinha de castanha, faz uns apetitosos biscoitos. Resolvi experimentar a receita, com algumas alterações, usando o nosso vinho Madeira.





Ingredientes:

40 g de farinha de espelta
100 g de farinha de trigo branca
40 g de farinha de trigo integral
70 g de farinha de castanha
3 colheres de sopa de mel (ou xarope de agave)
50 g de vinho Madeira
50 g de leite de soja
50 g de óleo de sésamo não tostado (ou outro óleo vegetal de sabor neutro)
1 colher de sopa de essência de baunilha caseira
1 colher de sopa de fermento
1 pitada de sal


Juntar as farinhas, o sal e o fermento. Adicionar o mel, o Madeira, o leite, a baunilha e o óleo.

Misturar tudo até obter uma massa homogénea.

Colocar colheres de chá de massa num tabuleiro forrado com papel vegetal. Levar ao forno a 180º durante 15 - 20 minutos.

terça-feira, 14 de junho de 2016

Pudim salgado de tofu e cogumelos

Vi esta receita no blogue Les Recettes de Juliette e resolvi experimentar. Faz um excelente almoço vegetariano para os dias de semana e fica bem delicioso.



Ingredientes:

250 g de tofu
250 g de cogumelos marron
1 cenoura pequena
1 cebola pequena
1 dente de alho
2 ovos
1 colher de sopa de sementes de linhaça + qb para salpicar
1/2 colher de café de pasta miso escura
1 colher de café de azeite com sabor a trufas
Sal
Pimenta


Picar dois cogumelos em cubos. Ralar a cenoura.

No liquidificador, juntar o tofu, os restantes cogumelos, a cebola, o alho, os ovos, a pasta miso e o azeite. Triturar até obter um creme homogéneo.

Verter para uma taça. Juntar os cogumelos picados, a cenoura ralada e as sementes de linhaça. Temperar com sal e pimenta.

Misturar bem e verter para um forma de bolo inglês. Salpicar com sementes de linhaça.

Levar ao forno a 200º em banho-maria durante 35 minutos.

Servir quente com uma salada ou legumes cozidos ou frio como paté.

terça-feira, 3 de maio de 2016

Espetadas de garoupa

Inspirada nesta receita do Bon Appétit, fiz estas espetadas de garoupa que ficam deliciosas! Rápidas de fazer, fazem uma excelente refeição durante a semana.





Ingredientes:

1 posta de garoupa (cerca de 250 - 300 g)
1 limão
1 cebola
1 colher de chá de oregãos
1/3 de colher de chá de sementes de cominhos
1 colher de chá de sementes de sésamo
1 pitada de piri-piri
Sal
Azeite


Demolhar quatro paus de espetadas durante 30 minutos.

Tirar a pele e as espinhas ao peixe e cortar em 16 cubos.

Cortar o limão em fatias finas e a cebola em cubos.

Colocar um cubo de garoupa num dos paus, seguido de uma fatia de limão dobrada ao meio e um cubo de cebola. Repetir o processo, fazendo 4 espetadas com 4 cubos de peixe em cada.

Pincelar com azeite. Misturar os oregãos, os cominhos, o sésamo, o piri-piri e o sal. Com uma colher de chá, salpicar as espetadas com esta mistura.

Levar ao forno a 200º durante 12 minutos.




segunda-feira, 25 de abril de 2016

Bolo de noz e laranja

Uma receita do Dish by Dish que estava na minha lista há muito tempo para um dia experimentar viu finalmente a luz do dia. Com algumas adaptações, como é costume, faz um bolo sem glúten muito saboroso.




Ingredientes:

80 g de amêndoa com pele
130 g de miolo de noz
35 g de amido de milho
1 colher de chá de fermento
1 pitada de sal
3 ovos
100 g de açúcar mascavado escuro
Raspa e sumo de 1 laranja
50 ml de óleo vegetal



Triturar as amêndoas até obter farinha. Triturar as nozes grosseiramente, deixando pequenos pedaços. Juntar os frutos secos ao amido de milho, à raspa de laranja e ao fermento e misturar.

Bater as gemas com o açúcar até obter um creme. Adicionar o sumo da laranja e o óleo. Bater bem.

Bater as claras em castelo com uma pitada de sal e envolver com cuidado.

Forrar uma forma de fundo amovível com papel vegetal e untar com óleo. Verter a mistura e levar ao forno a 180º durante 35 minutos (fazer o teste do palito, caso ainda não esteja cozido, deixar mais alguns minutos).

Deixar arrefecer antes de desenformar.

domingo, 10 de abril de 2016

Esparguete com gambas e miso

Preparei esta massa com a inspiração desta receita da Filipa Gomes. Ficou absolutamente deliciosa!




Ingredientes:

Esparguete integral (ou noodles soba para uma versão sem glúten)
300 g gambas descascadas
2 cebolos
Sementes de sésamo qb
Sal
Pimenta
Azeite

Marinada

2 colheres de sopa de pasta miso escura
4 colheres de sopa de vinagre de arroz
2 colheres de azeite
1 colher de sopa de aguardente
3 colheres de sopa de água
1 dente de alho
1 rodela grossa de gengibre
Pimenta


Picar o alho e o gengibre. Misturar todos os ingredientes da marinada até obter um creme homogéneo. Regar as gambas com a marinada e reservar durante uma hora.

Entretanto, colocar uma panela de água com sal a ferver para a massa.

Picar os cebolos. Separar a parte branca da verde. Saltear a parte branca num fio de azeite durante dois minutos. Juntar então as gambas e deixar cozinhar de um lado e de outro.

Adicionar a marinada e deixar fervilhar em lume brando durante 10 minutos.

Retirar as gambas e reservar. Juntar a massa escorrida ao molho e misturar bem.

Empratar a massa e dividir as gambas pelos dois pratos. Salpicar com a parte verde do cebolo e as sementes de sésamo ligeiramente tostadas.



segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Paté de chícharos e cenoura

Esta receita foi inspirada nesta outra do Tangerine Zest e faz um paté delicioso! O sabor e a textura lembram o hummous, com a cenoura a dar o toque especial.




Ingredientes:

3 cenouras
430 g de chícharos cozidos
1 colher de chá mal cheia de cominhos em pó
1 colher de chá mal cheia de pimentão doce
1 dente de alho
Sumo de meio limão
1 colher de sopa bem cheia de tahini (de preferência, caseiro)
Sementes de cominhos qb
Azeite
Sal
Pimenta


Cortar as cenouras em bastões e salpicar com sementes de cominhos. Regar com um fio de azeite e levar ao forno a 220º durante 20 minutos.

No liquidificador ou processador de alimentos, juntar o alho, os chícharos, a cenoura assada, as especiarias, o sumo de limão, o tahini e três colheres de sopa de azeite. Triturar até obter uma pasta.

Temperar com sal e pimenta. Servir com legumes crus.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...