domingo, 24 de fevereiro de 2013

Tarte de chocolate, sésamo e amêndoa

Às vezes acontecem imprevistos. Às vezes a vida troca-nos as voltas e os nossos planos saem furados. E temos que conseguir receber o que vem sem ser esperado e ajustar os nossos planos.

Quando as pessoas são demasiado rígidas, não conseguem lidar com os imprevistos, porque a sensação de não conseguir planear e controlar o desenrolar dos acontecimentos desencadeia nelas uma angústia enorme, uma sensação de ficarem perdidas, descontroladas, à toa. E é um problema porque a angústia as impede de reajustar os planos e portanto não sabem como reagir. Mesmo quando as surpresas são boas.

Esta tarte foi o resultado de um reajustamento. Tinha preparada uma tarte de amêndoa para levar para um almoço com amigos, mas de surpresa, sem ser na data esperada, nasceu a minha sobrinha. Nessa noite, acabou por acontecer espontaneamente uma celebração familiar cá em casa, que também não estava prevista. Por acaso, tinha um pato que queria cozinhar para o jantar e que, com uma alteração na receita, foi suficiente para toda a gente; e havia a tarte de amêndoa, supostamente para o almoço do dia seguinte, que acabou por ser utilizada como sobremesa nessa noite.

Na manhã seguinte, a tarte de amêndoa estava comida, não tinha ovos em casa, pouca amêndoa, pouca farinha, o que fazer? Gosto de programar e planear as coisas, mas não sou das pessoas que ficam aflitas perante o imprevisto. Na cozinha, confesso que até gosto do desafio e da adrenalina do - "e agora o que é que vou fazer para me desenvencilhar?" E saiu esta tarte. Prova superada!




Ingredientes:

Para a base:

280 g de bolachas de sésamo
3 colheres de sopa de óleo de sésamo
1 colher de sopa de azeite
4 colheres de sopa de natas de soja

Para o creme:

300 g de chocolate preto (sem lactose)
1 colher de sopa de óleo de amendoim
200 ml de nata de soja
100 ml de café forte
1 colher de sopa de açúcar amarelo
60 g de amêndoas em palitos


Desfazer as bolachas no liquidificador. Misturar todos os ingredientes para a base, mexendo bem. Cobrir o fundo de uma tarteira com a mistura, pressionando bem para a tornar o mais compacta possível. Levar ao frigorífico.

Levar o chocolate a derreter em banho-maria com uma colher de óleo de amendoim. Quando começar a derreter, juntar o café bem quente. Quando o chocolate estiver totalmente derretido, retirar do lume, juntar as natas e o açúcar e envolver bem.

Verter o creme de chocolate na tarteira. Voltar a colocar no frigorífico.

Passada uma hora e meia, tostar ligeiramente as amêndoas numa frigideira anti-aderente e salpicar por cima do creme de chocolate. Delicadamente, pressionar as amêndoas para se enterrarem ligeiramente no chocolate. Voltar a colocar no frigorífico.

No total, deverá ficar pelo menos 4 horas no frigorífico para estar pronta a servir.




A tarte inteira vista de cima





15 comentários:

  1. E ficou uma tarte bem apetitosa :D

    Muitos parabéns pelo nascimento da tua sobrinha! :D

    Beijinhos e tem um bom Domingo! :D

    ResponderEliminar
  2. Sou nova no seu blog. Cheguei pela mão da nossa amiga com o blog Cook Addiction. Em primeiro lugar quero felicitá-la pelo nascimento da sua sobrinha, que Deus vos abençoe a todos.
    Em segundo lugar que dar-lhe os parabéns pelo seu blog e pelo desempenho e dedicação que demonstra nas deliciosas receitas que partilha. A tarte de chocolate é um exemplo disso. Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Zélinha! Espero continuar a ir ao encontro das suas expetativas com as minhas receitas! :-)

      Eliminar
  3. Uma maravilha, gostei muito, bjokitas

    ResponderEliminar
  4. É mesmo importante sabermos dar a volta quando aparecem imprevistos! E esta tarte é um óptimo resultado!! Ficou com um aspecto muito bom :)

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  5. Parabéns pela sobrinha :) A tarte ficou com um aspecto delicioso, ficou linda!

    Beijinhos,
    Joana

    ResponderEliminar
  6. Olá! Parabéns pelo nascimento da tua "apressada" sobrinha! Esta tarte parece-me ótima! às vezes é assim, os improvisos ainda saem melhores que quando temos tudo!
    Bjos

    ResponderEliminar
  7. Parabéns pela sobrinha :)
    a tarte ficou fantástica,às vezes dos improvisos nascem coisas muito boas e é aí que se vê uma chef :)
    Bjns e boa semana
    Isabel

    ResponderEliminar
  8. Muitos parabéns pelo nascimento da tua sobrinha.
    Quanto à tarte, ficou linda, linda e imagino o quão deliciosa ficou!
    Beijinhos,
    Lia.

    ResponderEliminar
  9. Muitas vezes as receitas deliciosas nascem da necessidade de improvisar. Parece-me que este é um desses casos. Felicidades para o novo membro da familia :)

    ResponderEliminar

Obrigada pela visita e pelos comentários!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...